Regina Duarte confirma nesta semana se aceita comandar a Cultura

  • Por Jovem Pan
  • 27/01/2020 06h45 - Atualizado em 27/01/2020 08h37
Carolina Antunes/PRNa sexta-feira (24), foi noticiado que Regina Duarte teria uma dívida com a Lei Rouanet; caso não a impediria de assumir pasta

Com a volta do presidente Jair Bolsonaro da viagem à Índia, a atriz Regina Duarte deve responder na terça-feira (28) se aceita ou não assumir a Secretaria da Cultura.

Na semana passada, a atriz esteve alguns dias em Brasília em reuniões com a equipe da pasta para se iterar sobre o funcionamento da Secretaria. Apesar de ainda não ter confirmado oficialmente o convite, a atriz convidou Janicia Silva, conhecida como “reverenda Jane”, para ser secretária-adjunta.

No final de semana, Regina Duarte agradeceu o apoio da também atriz Maitê Proença, que defendeu a colega de profissão e afirmou que “dentro do cenário que vivemos, ela é a melhor das possibilidades”.

Na sexta-feira (24), foi noticiado que Regina Duarte teria uma dívida com a Lei Rouanet. De acordo com uma portaria publicada no Diário Oficial, em março de 2018, um projeto da produtora da atriz teve a prestação de contas negada na lei pelo então Ministério da Cultura.

A peça “Coração Bazar” captou R$ 321 mil e a empresa deverá restituir aos cofres públicos R$ 319,6 mil.

A defesa de Regina Duarte já se posicionou sobre o assunto e disse que a dívida não impede que ela assuma a Secretaria.

*Com informações da repórter Camila Yunes