Reino Unido quer construir ponte sobre Canal da Mancha e criar nova ligação com a França

  • Por Ulisses Neto/Jovem Pan
  • 19/01/2018 10h01
Pixabay Atualmente, para chegar no continente os britânicos usam a linha férrea no Eurotúnel, além é claro dos aviões e das balsas que fazem a travessia

Daqui alguns anos esse assunto será tratado como uma parábola interessante. Mas hoje é uma notícia mesmo.

Depois de decidir se separar da União Europeia, o Reino Unido busca formas de se manter próximo do continente.

E, por isso, o ministro do exterior britânico, Boris Johnson, aliás um dos líderes da campanha do Brexit, anunciou nesta quinta-feira (18) a ideia de construir uma ponte sobre o Canal da Mancha criando uma nova ligação com a França.

Atualmente, para chegar no continente os britânicos usam a linha férrea no Eurotúnel, além é claro dos aviões e das balsas que fazem a travessia.

A nova ligação rodoviária, que teria mais de 35 quilômetros extensão, foi discutida ontem com o presidente francês, Emmanuel Macron, que esteve aqui no Reino Unido. Ele gostou da ideia e concordou que uma nova ligação entre os dois países precisa ser construída.

Embora os britânicos estejam querendo construir pontes com a Europa justamente no momento em que o Brexit é discutido, Macron aproveitou para avisar ontem mesmo não dará um status especial para a City londrina, que é o centro financeiro da Europa, depois que o divórcio for consumado.

Se os britânicos quiserem acesso pleno ao mercado comum europeu, eles vão ter que pagar por isso. O tema é delicado para os súditos de Elizabeth Segunda porque Londres hospeda sedes de grandes corporações financeiras que já começaram a se mudar para o outro lado do Canal da Mancha temendo as burocracias operacionais que serão criadas quando o país deixar a Europa.

Nesse caso, não vai ser uma ponte rodoviária que vai ajudar a Grã-Bretanha a se manter próxima da Europa não. Vão ser necessários acordos e contribuições financeiras que ainda parecem bem longe de serem alcançados.