Reino Unido: Trabalhistas apresentam plano de Governo ‘mais marxista’ de todos os tempos

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2019 09h29
Reino Unido: Trabalhistas apresentam proposta mais 'marxista' de todos os temposOs impostos seriam elevados para as camadas mais ricas da população - e não mudariam para os trabalhadores comuns

Os tempos de austeridade estão encerrados no Reino Unido há alguns anos e o país tenta encontrar fórmulas para crescer mais. Depois da crise financeira de 2008, os britânicos apertaram os cintos de forma drástica.

Dezenas de programas sociais foram encerrados, os investimentos públicos cessaram e os juros despencaram nesse meio tempo. Agora, tanto Governo quanto oposição reconhecem que o melhor caminho para crescer a economia é elevar os gastos públicos.

O problema é de onde virá o dinheiro. Como não existem mágica em lugar algum, a receita proposta por conservadores e trabalhistas é aumentar impostos.

O grupo que está no poder é mais comedido – até por questões ideológicas, é claro. Mas, mesmo assim, os conservadores falam em elevar, por exemplo, o imposto de transações imobiliárias para estrangeiros.

Seria uma forma de aumentar a arrecadação e ainda tentar frear a bolha do mercado imobiliário de Londres, que é impulsionada por investidores de fora do país.

Já os trabalhistas, que apresentaram seu plano de governo nesta quinta-feira (21), têm uma proposta bem mais radical. Jeremy Corbyn, líder do maior partido de oposição, fala em arrecadar o equivalente a até R$ 450 bilhões a mais por ano.

A cifra seria necessária para cumprir as proposta de governo dele, que incluí universidade grátis para todos, congelamento da idade mínima de aposentadoria – que será elevada em breve por aqui para 67 anos – e até internet banda larga por fibra, de graça, para todo o país.

Se os trabalhistas vencerem, a ideia é colocar o Reino Unido no mesmo patamar de gastos públicos da Alemanha e perto da França.

Os impostos seriam elevados para as camadas mais ricas da população – e não mudariam para os trabalhadores comuns. Até por isso o plano de governo Labour está sendo classificado como um dos mais marxistas de todos os tempos.

Porém, as chances dos trabalhistas ganharem a eleição parecem pequenas. Talvez até por isso o partido tenha apresentado propostas bastante à esquerda em um país conservador por natureza.