Restaurante palestino é atacado durante a madrugada em SP

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2019 06h44
ReproduçãoO Al Janiah fica no bairro do Bexiga, na região central de São Paulo, e se destaca por empregar refugiados

Um bar e restaurante árabe foi atacado com bombas e spray de pimenta na madrugada deste domingo (1). O Al Janiah fica no bairro do Bexiga, na região central de São Paulo, e se destaca por empregar refugiados e ser um Centro Cultural que promove palestras e eventos relacionados a questões sociais.

Em nota, o restaurante informou que um grupo de cinco pessoas se aproximou da porta principal do estabelecimento portando uma faca e spray de pimenta. Câmeras do circuito interno de segurança registraram a ação criminosa.

As imagens mostram o momento em que o grupo chega ao bar. É possível ver três homens se aproximando e a impressão é de que um deles dá uma facada em direção a entrada, sem atingir ninguém. Em seguida, eles jogam artefatos para dentro do estabelecimento e parecem tentar impedir que as pessoas deixem o restaurante. O mesmo homem aparece com a mão para o alto, como se segurasse uma faca, em posição de ataque.

A gravação mostra ainda uma pessoa deixando o restaurante com uma cadeira nas mãos, como se fosse um escudo, para se proteger. De acordo com o estabelecimento, ninguém ficou ferido, e os funcionários conseguiram conter o ataque.

O Al Janiah informou que está tomando providências legais por meio de advogados. A Polícia Militar disse que não foi chamada para o local.

O restaurante administrado pelo brasileiro Hasan Zarif, filho de palestinos. O local foi inaugurado em janeiro de 2016, e emprega refugiados de países como Palestina, Síria, Cuba e Argélia.

Apesar do ataque, o restaurante não suspendeu a programação para esta semana.

*Com informações da repórter Marcella Lourenzetto