Rio supera 5 mil mortes por Covid-19 e Justiça barra decreto para reabertura de igrejas

  • Por Jovem Pan
  • 30/05/2020 08h47
ALLAN CARVALHO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOA quantidade de leitos continua sendo um problema no estado

O estado do Rio de Janeiro registrou nesta sexta-feira (29) 223 mortes e 3.067 casos da Covid-19, chegando a um total de 47.953 ocorrências e 5.079 óbitos. Ainda assim, muitas cidades já têm planos de reabertura das atividades de forma lenta e gradual durante o mês de junho. A flexibilização precisa levar em consideração a oferta de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e número de óbitos diários, por exemplo.

A quantidade de leitos continua sendo um problema no estado. Dos sete hospitais de campanha prometidos, apenas um está pronto. Além disso, o governo do Rio anunciou a intenção de passar para um consórcio privado a administração dos hospitais de campanha do estado.

A organização social Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas), responsável pela construção e gerência de todos os hospitais, ficaria apenas com o do Maracanã, que está funcionando, e precisaria concluir os seis restantes. Além destes sete, outros dois já fizeram uma parceria com o governo fluminense e são geridos pela iniciativa privada. Ambos estão em funcionamento há algum tempo.

A Justiça do Rio suspendeu os cultos religiosos que tinham sido permitidos na cidade pelo prefeito Marcelo Crivella.

* Com informações do repórter Rodrigo Viga