RJ registra dois erros médicos graves em uma semana

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2019 09h39
Prefeitura do Rio de JaneiroA idosa deu entrada no hospital para fazer uma cirurgia na perna direit; porém, os médicos operaram a perna esquerda

Dois erros médicos grotescos estão sendo investigados pela Polícia do Rio de Janeiro. Eles envolvem uma idosa e uma criança de 4 anos e aconteceram na capital do Estado e na Baixa Fluminense.

Lucas Gabriel Jesus morreu no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias. Ele deu entrada na unidade para retirada de fimose e, após o procedimento, não acordou mais. A direção do Hospital foi afastada até que prestem esclarecimentos sobre o falecimento da criança, em uma cirurgia conhecida por ser simples.

Já no Hospital Pedro II, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, uma idosa de 81 anos, Zailde dos Santos Olanda, também foi alvo de erro médico. Ela deu entrada no hospital para fazer uma cirurgia na perna direita, por conta de uma infecção na prótese do fêmur. Porém, os médicos operaram a perna esquerda. O erro foi constado pela família.

A Polícia do Rio de Janeiro está a frente das investigações das duas mortes.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga