RJ: Sete políticos foram assassinados no estado em 2019

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2019 08h58
ESTADÃO CONTEÚDOCrime ocorreu no bairro Zacarias, em Maricá, Rio de Janeiro

Com a morte, nesta quinta-feira (22), do vereador Ismael Breve (DEM), de 59 anos, e um de seus filhos, Thiago Marins, em Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro, o estado já contabiliza sete políticos mortos neste ano.

De acordo com a polícia, pai e filho foram mortos por homens armados que entraram na casa deles. O alvo inicial, segundo testemunhas, seria Thiago, de 33 anos, que foi baleado. Ao ver o filho alvejado, o pai teria entrado em luta corporal com os bandidos e também acabou sendo atingido e morto. Outras duas pessoas que estariam na casa conseguiram escapar.

A polícia está investigando a motivação para o assassinato e quer checar se realmente o alvo era o advogado, filho do vereador, ou o próprio Ismael. Dessa vez, não há certeza, até o momento, se o ataque tem motivações políticas.

As outras mortes, no entanto, tem nitidamente essa conotação. Inclusive, em maio, também em Maricá, dois jornalistas foram mortos em ações criminosas. Romário Barros foi assassinado a tiros quando entrava em seu carroRobson Giorno, por sua vez, foi executado perto de casa.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga