RJ tem fim de semana violento marcado por morte e prisões

Em Maricá, na região metropolitana, pai e filho, ambos policiais militares, mataram um vizinho

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2019 06h00
Flickr Não faltaram casos de violência neste fim de semana no Rio de Janeiro

Não faltaram casos de violência neste fim de semana no Rio de Janeiro. Em Maricá, na região metropolitana, pai e filho, ambos policiais militares, mataram um vizinho depois de uma discussão.

Paulo César Pinto, de 50 anos, foi morto com dois tiros disparados pelo PM reformado Renato Ferreira Rodrigues e pelo filho dele, José Renato Cardoso Rodrigues. O filho é policial da ativa e trabalha no Batalhão de Niterói.

Segundo vizinhos, a briga teria começado por um carro estacionado na porta da garagem da casa dos policiais.

O clima também ficou tenso em São Gonçalo. Lá, um PM foi baleado na cabeça durante operação para retirada de barricadas em comunidades do município. O subtenente Washington Ferreira foi atingido no rosto e levado ao hospital. O estado de saúde dele inspira cuidados.

Na mesma região, um adolescente de 15 anos foi baleado durante arrastão promovido por criminosos na Rodovia Niterói-Manilha. Ele foi atingido no braço e levado a um pronto-socorro da região.

Já no último sábado (04), uma perseguição de policiais a bandidos, que começou em Botafogo e terminou perto do Aeroporto Santos Dumont, resultou na prisão de seis criminosos. Eles tinham roubado dois veículos, a ação foi percebida pelos agentes do programa Lapa Presente. Houve perseguição e tiroteio.

*Informações do repórter Rodrigo Viga