Rodrigo Maia reitera críticas e diz que governo não tem pauta ambiental

O parlamentar afirmou que as decisões do executivo interferem na imagem do Brasil internacionalmente

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2020 05h32 - Atualizado em 04/09/2020 08h13
Frederico Brasil/Futura Press/Estadão ConteúdoPara Maia, esse desgaste da imagem do Brasil ocorre principalmente por influência do desmonte na pasta de Ricardo Salles

Rodrigo Maia reitera críticas e diz que governo não tem pauta ambiental. O presidente da Câmara dos Deputados deu as declarações nesta quinta-feira, 3, ao participar de um seminário promovido pelo jornal O Estado de São Paulo. O parlamentar do Democratas do Rio de Janeiro afirmou que as decisões do executivo interferem na imagem do Brasil internacionalmente. Para Maia, esse desgaste ocorre principalmente por influência do desmonte na pasta de Ricardo Salles. “Ao longo do ano de 2019 no Ministério do Meio Ambiente [vai] desorganizando ou desmontando tudo aquilo que foi construído ao longo de muitos anos, desde a década de 90”, disse.

O parlamentar falou ainda sobre a possibilidade do corte de R$ 60 milhões nos investimentos contra as queimadas na Amazônia que acabou não se concretizando. Sobre o caso, o presidente da Câmara disse que a casa já estava preparada para agir caso necessário. “Se o presidente Mourão não anuncia o recuo, a Câmara já estava preparada para entrar uma ação no Supremo para exigir que a Constituição seja cumprida. Não poderia, de forma nenhuma, retirar aqueles recursos”, disse. Ele lembrou ainda que o Presidente da República, Jair Bolsonaro, não foi eleito com a narrativa de defesa do meio ambiente. Rodrigo Maia, no entanto, diz ter esperança de que pressões externas façam o presidente mudar de ideia.

*Com informações do repórter Vinícius Nunes