Ronaldinho Gaúcho atrai multidão em Beirute em homenagem a vítimas de explosão

Desastre aconteceu em 4 de agosto de 2020; incidente foi provocado por um incêndio em um armazém no porto da cidade

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2021 07h05
EFE/EPA/WAEL HAMZEH A cidade foi muito atingida: quase 86 mil unidades de moradia ou imóveis comerciais foram danificados

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho prestou uma homenagem às vítimas da explosão de um armazém no porto de Beirute, no Líbano, que deixou 211 mortos e milhares de feridos. Nesta quinta-feira, o atleta levou uma coroa de flores para colocar nos pés de uma estátua em homenagem aos bombeiros que morreram na tragédia. Uma multidão de fãs, fotógrafos e cinegrafistas acompanhou o brasileiro. A mega explosão aconteceu em 4 de agosto de 2020. O incidente foi provocado por um incêndio em um armazém no porto da cidade, onde estavam guardadas quase três mil toneladas de nitrato de amônio. A substância, que é matéria-prima para fertilizantes químicos, tem alto potencial explosivo. A cidade foi muito atingida: quase 86 mil unidades de moradia ou imóveis comerciais foram danificados.

*Com informações da repórter Letícia Santini