Safernet e MP identificam mais de 6 mil sites com conteúdo de abuso e pornografia infantil

  • Por Jovem Pan
  • 06/09/2018 07h08 - Atualizado em 06/09/2018 07h08
Flickr/powtacOs registros de exploração de menores foram encontrados depois de denúncias feitas por internautas entre fevereiro do ano passado e agosto deste ano

Ministério Público Federal e ONG Safernet identificam mais de seis mil sites com conteúdo criminoso envolvendo, principalmente, abuso sexual e pornografia infantil.

Os registros de exploração de menores foram encontrados depois de denúncias feitas por internautas entre fevereiro do ano passado e agosto deste ano. Ao todo, 832 casos são objeto de investigação do Ministério Público.

O material denunciado tem sido analisado pelo Núcleo Técnico de Combate aos Crimes Cibernéticos da Procuradoria da República em São Paulo.

O presidente da ONG Safernet Brasil, Thiago Tavares, destacou a atuação de compartilhadores de pornografia infantil no país: “o Brasil é irrelevante, menos de 1% do conteúdo global está hospedado aqui. Mas quando a gente olha o dado referente a copartilhamento, distribuição e produção, o Brasil está entre o Top 5”.

Segundo Tavares, só em 2016, mais de 50 mil casos foram reportados pelos Estados Unidos ao Brasil. Mas, o país também ajuda outras nações a combater a pornografia infantil.

Dos mais de 6 mil sites identificados com conteúdo criminoso, cinco mil oitocentos e oitenta e oito foram encaminhados rapidamente às respectivas centrais de denúncias no exterior.

*Informações do repórter Matheus Meirelles