Samarco envia ao governo de MG pedido de licença para voltar a operar em Mariana

  • Por Jovem Pan
  • 06/09/2017 07h55 - Atualizado em 06/09/2017 11h51
Distrito de Bento Rodrigues foi atingido pela lama após rompimento de duas barragens de rejeitos da SamarcoO rompimento da barragem matou 19 pessoas e se transformou em uma das maiores tragédias ambientais do Brasil

Mineradora Samarco solicita licença para retomar as operações em Mariana, região central de Minas Gerais. Os estudos de impacto ambiental foram protocolados na sexta-feira, na Secretaria de Meio Ambiente do Estado.

As operações da mineradora estão suspensas desde novembro de 2015 quando o rompimento da barragem de Fundão, no Complexo de Germano, matou 19 pessoas e se transformou em uma das maiores tragédias ambientais do Brasil.

No pedido, a mineradora solicitou o Licenciamento Operacional Corretivo, e pediu autorização para trabalhos com linhas de transmissão de energia elétrica, tratamento a úmido de minério de ferro, extração de areia e cascalho para utilização de obras de infraestrutura, além da barragem de contenção de rejeitos.

Além dessa licença corretiva, a Samarco precisa ainda de outra, que permita usar a chamada Cava Alegria Sul, que servirá de depósito provisório dos rejeitos de minério de ferro.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente do Estado não há previsões para a conclusão das análises dos pedidos da mineradora pra que ela volte a operar.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro