São Paulo só tem caixa para uma folha de pagamento, diz Henrique Meirelles

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2019 10h17 - Atualizado em 05/01/2019 11h18
Luiz Cláudio Barbosa/Estadão ConteúdoHenrique Meirelles é o novo secretário da Fazenda e do Planejamento de São Paulo

O novo secretário da Fazenda e Planejamento de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmou nesta sexta-feira (4) ter assumido a pasta com caixa disponível para apenas uma folha de pagamento. “São Paulo tem sido um estado de contas equilibradas, mas estamos recebendo [o estado] com um valor equivalente a mais ou menos uma folha de pagamento”, disse.

“De um lado, isso é bom, tem muitos estados por aí em situação de déficit, mas é um caixa bem menor do que tem sido a tradição do estado de São Paulo nos últimos anos”, lamentou. O valor é de aproximadamente R$ 8 bilhões. O secretário, no entanto, descarta a criação e o aumento de impostos para arrecadar mais dinheiro para o estado.

Como uma das primeiras medidas, Henrique Meirelles disse que deve tornar mais transparente a política de incentivos fiscais e as metas que as empresas devem cumprir em contrapartida. “Nós temos totais condições de deixar mais transparente qual é o incentivo e qual é a contrapartida, cobrar isso e condicionar a manutenção dos incentivos ao cumprimento dos objetivos”, declarou.

Além disso, Meirelles comentou a proposta do presidente Jair Bolsonaro para a Reforma da Previdência. “Eu acho que o presidente Bolsonaro disse uma coisa absolutamente correta, que a previdência ideal é a previdência que é possível aprovar. É uma proposta interessante”, disse.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro