São Paulo tem o primeiro debate entre concorrentes ao Palácio dos Bandeirantes

  • Por Jovem Pan
  • 17/08/2018 07h14
Nilton Fukuda/Estadão ConteúdoAs militâncias dos partidos estavam animadas na plateia e a cada cutucada de um ou outro as palmas surgiam no auditório da TV Bandeirantes

O primeiro debate dos candidatos ao governo de São Paulo foi marcado por troca de críticas. As militâncias dos partidos estavam animadas na plateia e a cada cutucada de um ou outro as palmas surgiam no auditório da TV Bandeirantes.

Como já era esperado, João Doria, candidato do PSDB, se tornou o alvo da noite. A principal crítica foi a respeito da saída da prefeitura de São Paulo, mesmo após o tucano ter prometido terminar o mandato.

Doria rebateu dizendo que vai conquistar a população com boas propostas e declarou que já esperava o ataque dos seis adversários.

Durante o debate, o candidato do PT, Luiz Marinho, citou Bia Doria quando falava de corrupção. O ex-prefeito de São Bernardo do Campo ressaltou, aos jornalistas, que a estratégia antipetista não vai funcionar e novamente criticou o rival tucano.

Márcio França, do PSB, também questionou a saída de João Doria da prefeitura. No entanto, o atual governador de São Paulo aproveitou o espaço para se apresentar à população paulista.

Bem colocado nas pesquisas, Paulo Skaf, do MDB, tentou não associar seu nome ao do presidente Michel Temer, apesar da insistência dos rivais. Para Skaf, o debate marcou o início oficial da campanha, e os próximos passos devem servir de base para o eleitor conhecer melhor cada candidato.

O candidato do PDT, Marcelo Cândido, afirmou que, apesar de uma polarização entre candidatos com histórico no governo paulista, o debate serviu para dar voz a todos os concorrentes.

Representando o PRTB, o candidato Rodrigo Tavares criticou a falta de espaço aos partidos menores, e declarou que faz parte da nova política.

A professora Lisete Arelaro, candidata do PSOL, declarou que o debate é importante justamente para dar visibilidade aos partidos com menos tempo de TV e alfinetou os rivais que figuram no topo das pesquisas de intenção de voto.

O próximo debate com os candidatos ao governo de São Paulo será realizado no dia 24 de agosto.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto