Sargento de 46 anos é primeira policial a morrer por coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2020 06h13
NIYI FOTE / FUTURA PRESS / ESTADÃO CONTEÚDOPoliciais que trabalhavam com Magali no Centro de Operações da PM foram isolados

A Polícia Militar de São Paulo confirmou nesta terça-feira (31) a primeira morte de um agente por coronavírus. A sargento Magali Garcia, de 46 anos, teve a infecção confirmada no último sábado (28).

A policial, que era ex-fumante, estava internada desde sexta-feira na UTI do Hospital da Polícia Militar, na Água Fria, zona norte da capital. Ela morreu na madrugada desta terça por complicações causadas pela covid-19.

Policiais que trabalhavam com Magali no Centro de Operações da PM foram isolados.

Em nota, a PM disse que lamenta o falecimento da policial e afirma que segue rigorosamente as orientações do Comitê de Contingência do Coronavírus. A corporação ressalta que todo policial com suspeita ou diagnóstico da doença é imediatamente afastado das funções e acompanhado por profissionais de saúde

*Com informações do repórter Leonardo Martins