Secretário de Guedes prevê redução do rombo nas contas públicas em 2019

  • Por Jovem Pan
  • 07/11/2019 07h31 - Atualizado em 07/11/2019 07h42
Marcos Oliveira/Agência SenadoWaldery Rodrigues acredita que PIB crescerá mais de 1% neste ano

O secretário especial do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, reduziu, nesta quarta-feira (6), as previsões para o déficit fiscal deste ano. De acordo com ele, o valor do rombo será bem menor do que o esperado, e deve oscilar entre R$ 82 bilhões e R$ 85 bilhões.

Rodrigues esteve presente no leilão do excedente da cessão onerosa, que aconteceu ontem no Rio de Janeiro. Durante o evento, ele afirmou que cerca de R$ 24 bilhões dos R$ 70 bilhões em receita do certame irão para os cofres do governo.

O secretário disse, ainda, que a economia brasileira está rodando em ritmo mais forte e que o mês de setembro foi o chamado “ponto de inflexão” da atividade econômica.

Rodrigues ressaltou que, com a melhora na economia, a Receita Federal também está aumentando sua arrecadação. Por isso, ele estima que o Produto Interno Bruto (PIB) do país deve crescer mais de 1% neste ano e que as contas do governo, embora ainda no negativo,

“Então entendemos que não só estamos caminhando, agora, para um déficit primário menor, mas, no tempo devido, sair do negativo e ir para o positivo”, comemorou. Ele finalizou dizendo que, com a melhora dos indicadores econômicos, o Brasil já caminha a passos seguros para ter de volta – quem sabe já no ano que vem – o selo de grau de investimento.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga