Secretário de Subprefeituras: Cidade de SP precisa de ajuda da Enel para podas de árvores

  • Por Jovem Pan
  • 11/03/2019 08h52
Mister Shadow/Estadão Conteúdo“Estamos em negociação com a Enel, porque se ela não fizer desligamento da rede elétrica não conseguimos fazer a poda”, disse o secretário

As chuvas intensas em diversos pontos da capital paulista provocaram mais quedas de árvores na cidade durante a noite deste domingo (10) e a manhã desta segunda-feira (11). Somente neste ano, mais de duas mil árvores caíram.

A solução, entretanto, não depende apenas dos trabalhos da Prefeitura e necessita que a Enel, empresa de distribuição de energia elétrica em São Paulo, colabore nas podas de árvores. O pedido foi tornado público pelo secretário das subprefeituras da capital, Alexandre Modonezi, em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã.

“A cidade podou 90 mil árvores no ano passado. Temos hoje 100 equipes de poda na cidade. Existem, hoje, 51 mil pedidos de poda, e 50 mil deles estão debaixo da fiação elétrica”, esclareceu o secretário. “Estamos em negociação com a Enel, porque se ela não fizer desligamento da rede elétrica não conseguimos fazer a poda”, completou.

Modonezi reiterou que a cidade precisa que a distribuidora de energia ajude nas podas. “Enel faz a poda em V, desequilibra a árvore e depois as subprefeituras precisam consertar. Precisamos de isolamento da fiação e isso não tem acontecido”, disse. “Isso é o maior motivo de queda de árvore”.

Questionado se problema ainda seria, somado ao trabalho da Enel, a ausência de agentes para as podas, o secretário negou: “estamos com 100 equipes na cidade. Vamos fazer 140 mil podas neste ano. Temos capacidade maior que a demanda dos munícipes, mas sem esse apoio da Enel a cidade não consegue dar conta. Temos milhares de pedidos de apoio de poda e não são atendidos pela Enel”.

Confira a entrevista completa com o secretário das Subprefeituras de São Paulo, Alexandre Modonezi: