Secretário do Ministério da Economia, Marcos Troyjo será candidato à presidência do BID

  • Por Jovem Pan
  • 24/02/2020 09h49
World Economic Forum / Benedikt von LoebellDentro do governo, Troyjo é considerado a pessoa capaz de ajudar o Brasil na meta de ter mais representatividade em organismo internacionais

O Brasil terá candidato à presidência do BIP, o Banco Interamericano de Desenvolvimento. Fontes do governo federal revelaram à Jovem Pan que o escolhido é Marcos Troyjo, o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia.

O atual presidente, o colombiano e diplomata Luis Alberto Moreno, está no cargo desde 2005. Após reformulação a partir de agora o candidato eleito uma vez terá direito a apenas uma reeleição.

Dentro do governo, Troyjo é considerado a pessoa capaz de ajudar o Brasil na meta de ter mais representatividade em organismo internacionais e amplificar a presença do país em grandes cadeias globais.

O Brasil já começou um processo de articulação e conversa com outros países para viabilizar a candidatura e potencial eleição de Marcos Troyjo para o BID — que tem 26 países membros, além do Canadá e dos EUA. Para que haja a eleição, é preciso maioria absoluta dos representantes.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga