Segunda Turma do STF arquiva inquérito contra senador Fernando Bezerra Coelho

  • Por Jovem Pan
  • 12/12/2018 06h29
Marcos Oliveira/Agência SenadoEle era acusado de receber R$ 41,5 milhões das construtoras Queiroz Galvão, OAS e Camargo Corrêa

Os ministros do Supremo Tribunal Federal decidem de forma diferente da proposta inicial da força-tarefa da Lava Jato. Ainda há assuntos pendentes como a força das delações, o tratamento a doações oficiais consideradas como lavagem de dinheiro e caixa dois de campanha eleitoral.

A Segunda Turma arquivou o pedido de abertura de inquérito contra o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Ele era acusado de receber R$ 41,5 milhões das construtoras Queiroz Galvão, OAS e Camargo Corrêa.

O último a votar foi Ricardo Lewandowski, e ele decidiu que as provas eram insuficientes e mostra que há diferença no enquadramento do recebimento de recursos das empresas envolvidas na Lava Jato e que fizeram a delação premiada.

O dinheiro, neste caso, foi ao diretório do MDB e, na época, Bezerra era secretário de Estado em Pernambuco.

*Informações do repórter José Maria Trindade