Sem chuvas, sistemas que abastecem a Grande São Paulo apresentam queda

  • Por Jovem Pan
  • 23/07/2018 06h29 - Atualizado em 23/07/2018 06h32
Rovena Rosa/Agência BrasilSistema Cantareira opera com 40,9% da capacidade

O sistema Cantareira opera com 40,9% da capacidade de acordo com as atualizações recentes da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Não chove na região de São Paulo há mais de 38 dias, o que ocasionou na diminuição do nível de água da reserva. Além do Cantareira, os outros cinco sistemas que abastecem a capital e cidades vizinhas também registraram queda devido à falta de chuvas.

O superintendente de produção de água da Sabesp, Marco Antônio Lopes Barros, destaca que a seca é comum nesta época do ano, mas há uma condição de interligação entre os sistemas que faz com que o abastecimento não seja prejudicado. “Hoje há uma condição de usar um sistema ou de outro dependendo da circunstâncias operacionais que cada Sistema passa. Essa flexibilidade nos permite ter uma segurança muito maior”, disse.

O superintendente de produção de água da Sabesp reconhece que a economia de água já começa a fazer parte dos hábitos da população. Marco Antônio Lopes Barros reforça a recomendação de economizar água para preservar os sistemas que abastecem a população principalmente em períodos de seca.

*Com informações da repórter Nanny Cox