Senadores tentam acordo para aprovar projeto de leilão de exploração do pré-sal nesta semana

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2018 07h09
Reprodução/PetrobrasSegundo estimativas, os leilões gerariam em torno de R$ 120 a R$ 130 bilhões aos cofres públicos

O Senado busca um acordo para votar o projeto que leiloa 70% dos direitos de exploração do pré-sal. O acordo que está em vigor, chamado de cessão onerosa, dá o monopólio das operações para a Petrobras. Já o projeto em pauta destinaria até 3,5 bilhões de barris de petróleo para serem explorados por outras empresas, incluindo estrangeiras.

Segundo estimativas, os leilões gerariam em torno de R$ 120 a R$ 130 bilhões aos cofres públicos. A grande discussão no momento é sobre a distribuição desse dinheiro.

O projeto prevê que ele vá todo para a União. Porém, membros da equipe econômica do atual e do próximo governo querem uma parcela para os estados e municípios.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, também é a favor: “o país não pode represar todos os recursos em Brasília se partilhar com Estados e municípios”. A questão ainda não é consenso entre os parlamentares.

Além disso, se forem feitas alterações, a matéria vai ter que voltar para a Câmara, onde já foi aprovada.

O senador Eunício Oliveira apontou ainda as dificuldades para chegar a um ponto comum: “conversei com algumas lideranças para que a gente busque fazer esse entendimento”.

A expectativa dos senadores é que caso haja um consenso, o projeto seja votado na terça (27) ou quarta-feira (28).

*Informações do repórter Levy Guimarães