Sessentão, Rolls-Royce presidencial rouba as atenções no Planalto

  • Por Jovem Pan
  • 24/06/2019 08h30 - Atualizado em 24/06/2019 08h32
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilO Rolls Royce que transportou diversos presidentes da República em datas datas comemorativas como o 7 de setembro e a posse presidencial está em exposição durante todo o mês de junho e virou atração no centro do poder.

Um senhor sessentão, mas com tudo em cima, tem roubado as atenções no Palácio do Planalto.  É difícil passar por ele sem ao menos dar uma olhadinha, tirar uma foto, gravar um vídeo.

O Rolls-Royce que transportou diversos presidentes da República em datas datas comemorativas como o 7 de setembro e a posse presidencial está em exposição durante todo o mês de junho e virou atração no centro do poder.

Quem toma conta do carro desde a década de 90 é o o secretario de Coordenação de Transportes, Aerolino Moreira de Castro. Toda semana ele olha o nível do óleo, da água, calibra os pneus e dá aquela voltinha escondido.  “Uma hora que eu acho que quase não tem ninguém atento, eu saio com ele, mas quando começam a ver, muda tudo, querem olhar, tirar foto”, diz.

Ele garante que a mecânica do carro é impecável. Quando é necessário a troca de alguma peça, é ao ministério das Relações Exteriores que os mecânicos recorrem. A capota, por exemplo, precisou se trocada há alguns anos e, segundo Aerolino, colocaram uma mais escura.

O carro foi fabricado em 1952 e chegou ao Brasil de navio no ano seguinte. O veículo foi comprado por um grupo de empresários como presente para o então presidente Getúlio Vargas. “Foi descoberto nos anos 90 por meio de documentos no RJ. Não cita nomes, mas foram de 10 a 12 empresários do ramo do café, que doaram ao presidente Getúlio, e ele fez um termo de doação para a presidência”, explica Aerolino.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin.