Setores produtivos iniciam retomada gradual das atividades

  • Por Jovem Pan
  • 06/06/2020 07h03 - Atualizado em 06/06/2020 07h23
Valter Campanato/Agência BrasilO setor calçadista viu as vendas serem reduzidas em 30% no varejo e os estoques estão altos. A expectativa do empresariado é de um dano menor no segundo semestre

Em meio ao cenário de crescimento inexpressivo e desemprego, setores produtivos iniciam retomada gradual das atividades após quarentena pela pandemia da Covid-19. Com um primeiro semestre quase paralisado as empresas voltam a colocar em funcionamento suas linhas de produção.

Para o professor do Centro de Estudos em Transportes da Fundação Getúlio Vargas, Rodrigo Vilaça um dos pilares para uma recuperação mais robusta será a infraestrutura. De acordo com ele, as concessões de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos serão cruciais para a elevação dos índices de emprego e renda.

O setor supermercadista não parou porque trata-se de um serviço essencial, porém o faturamento e a movimentação caíram drasticamente. O dono de uma rede de supermercados, Osvaldo Nunes afirma que a reabertura dos demais setores deve contribuir para girar a economia, mas para ele o horário não pode ser reduzido.

O setor calçadista viu as vendas serem reduzidas em 30% no varejo e os estoques estão altos. A expectativa do empresariado é de um dano menor na economia no segundo semestre, porque os prejuízos e resultados negativos serão inevitáveis.

*Com informações do repórter Daniel Lian