Sistema Paese está atendendo de acordo com a possibilidade, diz Baldy

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2020 10h19 - Atualizado em 10/02/2020 10h33
EFEPara o secretário, a chuva que atingiu a cidade de São Paulo é acima da média e coloca em desafio "qualquer tipo de operação"

A Linha 9 – Esmeralda da CPTM, que liga a região do Grajaú até a cidade de Osasco, continua com as operações paralisadas na manhã desta segunda-feira (10). Em entrevista ao Jornal da Manhã, o secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, afirmou o Sistema Paese foi acionado para tentar minimizar os problemas.

“Nesse momento a Linha 9 – Esmeralda não opera porque o volume de chuvas foi muito alto. É um dos mais volumosos períodos e torna a Marginal [Pinheiros] de difícil operação. A gente oferece o Paese, mas algumas estações esta impossível de chegar. Então estamos atendendo de acordo com a possibilidade.”

Baldy disse, no entanto, que a situação da Linha 8 – Diamante já foi normalizada e ele não descarta que o mesmo aconteça com a Esmeralda ao longo do dia se o volume da água abaixar.

Para o secretário, a chuva que atingiu a cidade de São Paulo é acima da média e coloca em desafio “qualquer tipo de operação, principalmente sobre trilhos”. “A princípio não há danos em equipamentos, nem nos trilhos ou trens. Mas as chuvas que são esperadas ao longo do dia podem comprometer a operação da CPTM.”

Quanto ao Metrô de São Paulo, todas as linhas estão funcionando normalmente — sem intercorrências por conta do volume de água.