Skaf questiona caráter e palavra de Doria e diz que ‘levou um minuto’ para decidir apoiar França

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2018 08h07 - Atualizado em 11/10/2018 08h16
Werther Santana/Estadão ConteúdoSkaf afirmou que levou um minuto para decidir quem apoiaria no segundo turno por uma questão de caráter e personalidade

Paulo Skaf disse que escolheu apoiar o candidato ao governo de São Paulo, Márcio França (PSB) contra João Doria (PSDB) por uma questão de caráter.

O presidente da Fiesp deu a declaração na manhã desta quarta-feira no evento que oficializou a adesão dele à candidatura do PSB. O local escolhido foi uma unidade do Sesi em Suzano, na região metropolitana.

Skaf afirmou que levou um minuto para decidir quem apoiaria no segundo turno por uma questão de caráter e personalidade: “em relação ao João Doria é como eu disse. Independentemente da afinidade de projetos, um governador te que ter personalidade, caráter, palavra, e na minha opinião, quando penso sobre isso, não tive a menor dúvida, levou um minuto para decidir a minha escolha”.

Além do apoio político, Márcio França diz que vai incorporar a plataforma de educação da candidatura de Paulo Skaf.

Para o socialista, tecnologias e ideias adotadas pelo Sesi poderão ser adaptadas no ensino público.

Márcio França passou o resto da quarta-feira (10) na Capital, onde gravou programas eleitorais e prestigiou o aniversário do regimento de polícia montada da PM.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Tiago Muniz

  • Tags: