Sob indefinição, atletas brasileiros treinam em casa

  • Por Jovem Pan
  • 23/03/2020 06h57 - Atualizado em 23/03/2020 08h22
DivulgaçãoO medalhista olímpico Arthur Nory mostrou como trabalhar equilíbrio e força subindo a escada plantando bananeira

Com a sugestão do COI de manter os Jogos Olímpicos de Tóquio para julho, mesmo com a pandemia de coronavírus, os atletas classificados ou que buscam uma vaga não podem deixar de treinar mesmo ficando em casa. Os brasileiros usam a sala, garagem, corredor, quarto, enfim: tudo vira academia improvisada

O medalhista olímpico e campeão mundial da ginástica artística Arthur Nory mostrou como trabalhar equilíbrio e força subindo a escada de casa plantando bananeira. O ginasta tem postado diariamente nas redes sociais a sua rotina de treinamentos no período de quarentena.

A campeã de esgrima Nathalie Moellhausen está em Paris, na França, e treina em todos os cômodos de casa — nem a janela escapa. A sala ganhou decoração especial para organizar o equipamento da esgrimista.

O halterofilista Fernando Reis, da seleção de Levantamento de Peso, é o recordista Pan-Americano na categoria acima de 105 kg. Ele conta que, com os Jogos Olímpicos mantidos, o jeito é se adaptar e treinar forte todos os dias

O Comitê Olímpico Brasileiro soltou uma nota nesse final de semana pedindo o adiamento dos jogos mas, até agora, o COI e o governo japonês mantiveram a Olimpíada pra a data prevista: do dia 24 de julho a 9 de agosto.

*Com informações do repórter Victor Moraes