‘Somos líderes na conservação ambiental do planeta’, afirma diretor da ApexBrasil

Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos realiza evento nos Estados Unidos até o dia 25 de maio para levar produtos dos setores de casa e construção, agro e gastronomia com rigorosa curadoria verde

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2022 09h08 - Atualizado em 13/05/2022 12h33
Divulgação/Apex Apex Brasil Apex Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos

Está ocorrendo desde a última quinta-feira, 12, o Casa Brasil Nova York, nos Estados Unidos, onde 65 empresas brasileira do setor de Casa e Construção vão expor peças na megalópole norte-americano. O evento ocorre até o dia 25 de maio. A expectativa é que a iniciativa gere US$ 16,5 milhões em negócios. Os móveis brasileiros são destaque por preços competitivos e sustentabilidade. Para falar sobre o assunto, o diretor de negócios da ApexBrasil, Lucas Fiuza, concedeu uma entrevista ao vivo para o Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, nesta sexta-feira, 13. Segundo ele o país deverá apresentar produtos na feira que passaram por uma rigorosa curadoria ambiental, destacando o país na questão.

“Estamos apresentando produtos que foram produzidos com o mais alto padrão de sustentabilidade e qualidade. Estamos mostrando para o mundo que nós [o Brasil] levamos muito a sério a questão ambiental. Isso se traduz através de realizações concretas, como todos os produtos que [os compradores] estão vendo aqui, e podem ser conferidos, quem quiser conferir a origem, os procedimentos… E com relação ao agro é mais forte ainda. Nós temos que mostrar que, hoje, somos solução. A nossa potência agroambiental atualmente tem entregar concretas para toda a humanidade, alimentamos praticamente 900 milhões de pessoas. Consciência de verdade, desenvolvida pelos brasileiros. E o público vai conseguir chegar a esse tipo de informação através de equipamentos como esse, que você vem, vai tomar um cafezinho brasileiro, um espumante da região do Rio Grande do Sul, conseguir desfrutar da nossa gastronomia, e, partir daí, você começa a conseguir obter mais informações de uma maneira mais leve, se conectando com a verdade. É importante que nós digamos a verdade com relação ao Brasil, porque nós somos líderes na sustentabilidade e na conservação ambiental do planeta”, afirmou Fiuza.

Segundo o diretor da Apex, tal tipo de evento é muito importante já que, sem sair do país, é difícil mostrar os produtos e empreendimentos nacionais para o mundo. “O objetivo desse evento é melhorar a percepção do mercado internacional com relação ao brasil, através de produtos que nós temos excelência de qualidade. Nós temos aqui design renomado na parte dos móveis, iluminação, cerâmica, porcelanato, pedras ornamentais, que serão a estrela durante essa primeira semana de Casa Brasil. Na segunda semana, teremos o nosso agro, com o café, vinho, a nossa gastronomia e a cachaça. Então, dessa forma, nós conseguimos aproximar o público dos nossos produtos”, explicou.

Ainda sobre a economia e a realidade dos setores que participam do evento, Fiuza comentou a recuperação nas vendas. “O Brasil tem tido uma franca recuperação, estamos tendo uma recuperação em V, uma recuperação privilegiada da economia, com relação ao resto do mundo. O setor tem se recuperado, tem sido muito promissor. O setor de móveis, por exemplo, cresceu mais de 50% no ano passado, teve investimentos de mais de 100% com relação ao ano anterior. Então é muito promissor. E o interesse dos investidores, dos consumidores e do público em geral tem sido interessante”, disse.