Governo de SP tenta controlar o avanço da Covid-19 nas prisões

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2020 06h31
Reprodução/Google MapsDados do Departamento Penitenciário Nacional apontam que, no estado, há ao menos 68 presos confirmados com a Covid-19

As infecções por Covid-19 continuam avançando nos presídios brasileiros e agentes prisionais relatam desamparo do governo. Ao todo, mais de 24 detentos e funcionários de presídios do estado de São paulo morreram pela doença até o momento.

Dados do Departamento Penitenciário Nacional apontam que, no estado, há ao menos 68 presos confirmados com infecção por coronavírus e mais de 100 suspeitos. Segundo o Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional, há mais de 143 casos confirmados entre agentes e ao menos 11 mortes.

O presidente Fábio Jabá, presidente do Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional, pede atenção do governo estadual.

O secretário da Administração Penitenciária, Nivaldo Restivo, diz que testar os agentes penitenciários é o próximo passo das ações do governo. Além da suspensão de visitas e qualquer outra forma de contato entre presos e o mundo externo, o secretário relata aumento na higienização dos presídios.

Dados do governo paulista apontam que a região oeste lidera o aumento de casos no interior do estado. A região da administrativa de Presidente Prudente registrou um aumento de 379% de infectados por coronavírus.

*Com informações do repórter Leonardo Martins