SP inicia obras do novo hospital Pérola Byington com 4 anos de atraso

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2019 06h37
Governo do Estado de São PauloAtualmente o Pérola Byington fica em um prédio alugado ao custo de R$ 380 mil por mês; nova unidade deve ser entregue em 2022

Com quatro anos de atraso, o governo de São Paulo deu início às obras do novo Hospital Pérola Byington. O centro especializado em saúde da mulher será transferido da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, na Bela Vista, para a Avenida Rio Branco, no bairro da Luz.

Prometido por gestões tucanas desde 2013, o hospital deverá ser entregue em 2022. Atualmente o Pérola Byington fica em um prédio alugado ao custo de R$ 380 mil por mês.

A construção e a gestão do Pérola Byington ficarão a cargo da iniciativa privada, por meio de uma Parceria Público Privada. A empresa Inova Saúde será a responsável também pela manutenção predial e compra de equipamentos por um prazo de 20 anos.

Ao justificar o atraso das obras, o governador João Doria lembrou de ações populares e do Ministério Público que questionaram o processo de desapropriação do espaço. “Não foi falta de recurso nem de obstinação do governador Geraldo Alckmin, porque ele sempre teve isso como uma das regras prioritárias.”

A construção do hospital no bairro da Luz faz parte de uma série de ações que Estado e Prefeitura vem adotando para tentar transformar a região.
Entre as melhorias, a nova unidade oferecerá 162 leitos do SUS. O governo estima um aumento de 60% nos atendimentos e diagnósticos.

Cerca de R$ 307 milhões devem ser investidos na obra, sendo R$ 184 milhões via BNDES. Outros 123 milhões serão pagos pela Inova Saúde, responsável pela gestão de outros dois hospitais estaduais em Sorocaba e São José dos Campos.

*Com informações da repórter Victoria Abel