SP: Mercado fazia promoção com produtos adquiridos por fraude

  • Por Jovem Pan
  • 09/07/2020 07h19 - Atualizado em 09/07/2020 08h05
Fernando Frazão/Agência BrasilO esquema de logística dos criminosos contava com diversos funcionários, empilhadeiras e caminhões, que levavam as mercadorias para pequenos mercados da capital

A Polícia Civil investiga uma suposta participação do PCC na distribuição de alimentos frutos de golpes em São Paulo. Durante o desdobramento de uma investigação de fraudes no comércio de produtos de supermercado, os policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) descobriram um esquema de golpes e distribuição.

Em um galpão, um grupo de criminosos estocava toneladas de itens de cestas básicas, como óleo, arroz, sal e papel higiênico. O esquema de logística dos criminosos contava com diversos funcionários, empilhadeiras e caminhões, que levavam as mercadorias para pequenos mercados da capital.

Na quarta-feira (8), uma quadrilha envolvida no esquema foi presa pelos policiais do DEIC. Segundo o delegado Danilo Alexiades, além da estrutura e da organização, o que levantou a suspeita de envolvimento com a facção criminosa paulista foi a utilização de empresas laranjas para comprar os produtos.

*Com informações do repórter Leonardo Martins