SP: Projeto prevê retirar isenção de IPVA de deficientes físicos sem carro adaptado

O estado vai unificar em 4% a alíquota para todos os veículos emplacados no estado

  • Por Jovem Pan
  • 20/08/2020 06h51 - Atualizado em 20/08/2020 08h34
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOSobre o IPVA, o não pagamento do imposto será revisto para deficientes físicos que não tenham carros adaptados à condição

Ajuste fiscal no estado prevê cortes em isenções do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA), em São Paulo. O projeto enviado para a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) engloba uma série de ações administrativas para coibir o déficit estimado em R$ 10 bilhões em 2021, após a forte queda de arrecadação reflexo da crise econômica após a pandemia da Covid-19. O pacote inclui plano de demissões voluntárias a servidores, a venda de imóveis, a concessão de 13 parques, a extinção de empresas e fundações, como a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo. O modelo vai avançar em verbas das universidades estaduais e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado. Sobre o IPVA, o não pagamento do imposto será revisto para deficientes físicos que não tenham carros adaptados à condição. O estado vai unificar em 4% a alíquota para todos os veículos emplacados no estado.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos