Prefeitura de São Paulo libera reabertura de clubes e empresas de software

  • Por Jovem Pan
  • 29/06/2020 06h48
ALES VALQUER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOOs treinos em centros esportivos poderão ocorrer a partir desta quarta-feira (1º) e os frequentadores devem fazer testes contra coronavírus a cada dez dias

Empresas de tecnologia da informação, clubes e o Centro Paralímpico Brasileiro reabrem a partir desta segunda-feira (29) na capital paulista. Os locais tinham atividades autorizadas, mas optaram por fechar no início da quarentena da Covid-19.

As entidades ligadas aos estabelecimentos apresentaram protocolos de funcionamento, que foram aceitos pela prefeitura de São Paulo. Fica mantido o uso de máscaras, o distanciamento e a suspensão de atividades que promovem aglomerações. Mesmo com a reabertura, o prefeito Bruno Covas reforça que a liberação de algumas atividades dentro dos estabelecimentos pode levar mais tempo.

No caso de escritórios de TI, os horários de atendimento ao público devem ser reduzidos e o atendimento a domicílio, evitado. Nos clubes, as quadras, piscinas, academias e áreas infantis devem continuar fechadas.

Os treinos em centros esportivos poderão ocorrer a partir desta quarta-feira (1º) e os frequentadores devem fazer testes contra coronavírus a cada dez dias. Segundo o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado, a retomada vai começar com atletas medalhistas em treinos individuais agendados.

Todos os setores devem permitir o trabalho remoto para funcionários que tenham dependentes enquanto escolas, creches e abrigos estiverem fechados. Se não for possível o teletrabalho, o empregador deverá acordar com o empregado uma forma alternativa de manutenção do emprego.

*Com informações da repórter Nanny Cox