STF decide nesta quarta HC de Lula e pode discutir mérito da prisão após segunda instância

  • Por Jovem Pan
  • 04/04/2018 06h05
Nelson Jr./SCO/STFA presidente Cármen Lúcia se cercou de cuidados, inclusive requisitou delegados da Polícia Federal para cuidar da segurança de ministros e da gestão e segurança das comunicações internas

O plenário do Supremo Tribunal Federal decide nesta quarta-feira (04) o habeas corpus do ex-presidente Lula e pode discutir o mérito da prisão depois da condenação em segunda instância.

As pressões vêm de todos os lados. O que mais preocupa os ministros é o pós-julgamento. A relação dos ministros mudou entre eles e com a própria convivência com a sociedade. As aparições públicas são evitadas, e as falas em julgamentos em plenário são muito bem pensadas, com um olho na Constituição e outro na opinião pública.

O ministro Gilmar Mendes foi o que mais reclamou e admitiu a avaliação da opinião pública, mas nunca uma decisão com este critério.

A presidente Cármen Lúcia se cercou de cuidados, inclusive requisitou delegados da Polícia Federal para cuidar da segurança de ministros e da gestão e segurança das comunicações internas.

Os manifestantes serão mantidos longe do Supremo e ficarão na Esplanada, onde acompanharão os votos dos magistrados.

Não há previsão de resultados, mas juristas acreditam na concessão do habeas corpus ao petista.

*Informações do repórter José Maria Trindade