STF discute denúncia contra ministro da Agricultura, Blairo Maggi, nesta terça (12)

  • Por Jovem Pan
  • 11/06/2018 06h53 - Atualizado em 11/06/2018 09h20
Lula Marques/AGPTEm maio, a Procuradoria-Geral da República acusou o atual ministro por suspeita de corrupção ativa quando ele ainda era governador do Mato Grosso

Supremo Tribunal Federal julga na próxima terça-feira (12) a questão de ordem que discute uma denúncia contra o ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

O STF decide se o caso sairá ou não do âmbito da Corte porque os fatos não ocorreram enquanto Maggi exercia a função de senador ou ministro.

Em maio, a Procuradoria-Geral da República acusou o atual ministro por suspeita de corrupção ativa quando ele ainda era governador do Mato Grosso.

De acordo com a denúncia, Maggi participou de um esquema de compra e vendas de vagas no Tribunal de Contas do Estado em 2009.

As investigações apontam um possível pagamento de propina da ordem de R$ 12 milhões, feito com o uso de recursos públicos.

O esquema envolve ainda o ex-deputado Sérgio Ricardo de Almeida, o ex-conselheiro do TCE Alencar Soares Filho, o ex-secretário da Fazenda do Mato Grosso Éder Morais e o ex-vice de Maggi, Silva Barbosa.

Quando apresentou a denúncia, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu que fosse enviada para o Superior Tribunal de Justiça.

O caso pode levar o Supremo Tribunal Federal a decidir se aplica a restrição do foro também para ministros de Estado.

Devem participar do julgamento os ministros Luiz Fux, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Marco Aurélio Mello e a ministra Rosa Weber.

*Informações da repórter Nanny Cox