STJ absolve governador do DF da acusação de calúnia e difamação

  • Por Jovem Pan
  • 04/10/2018 08h35
Elza Fiuza/Agência BrasilOs ministros da Corte Especial não chegaram a discutir o mérito do caso e votaram de forma conjunta a favor de Rollemberg

O Superior Tribunal de Justiça absolveu o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, da acusação de calúnia e difamação.

A queixa foi do presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal, Gutemberg Fialho, quando o governante deu a seguinte declaração: “Se está faltando médico nos hospitais, veja quanto ganha o presidente do Sindicato dos Médicos sem trabalhar. Veja quanto é o salário dele. Na rede privada ele trabalha, mas na rede pública ele não trabalha. São essas pessoas que estão impedindo o governo de melhorar a saúde.”

Hoje, Fialho é candidato a deputado distrital pelo PR. A decisão do STJ foi unânime e durou menos de um minuto.

Os ministros da Corte Especial não chegaram a discutir o mérito do caso e votaram de forma conjunta a favor de Rollemberg, seguindo a posição do Ministério Público Federal. Ainda cabe recurso da parte perdedora.

Rodrigo Rollemberg é candidato à reeleição pelo PSB e aparece em terceiro lugar na última pesquisa de intenção de voto, divulgada nesta quarta-feira (03) pelo Ibope, com 10%. Ele está sete pontos atrás da segunda colocada Eliana Pedrosa, do PROS. O líder é Ibaneis Rocha, do MDB, com 34%.

*Informações do repórter Levy Guimarães