Suspeitos de morte que mobilizou Canadá são encontrados mortos

  • Por Jovem Pan
  • 08/08/2019 07h27
EFEOs pertences dos suspeitos foram encontrados à beira do rio Nelson, ao lado de um bote de alumínio

A polícia do Canadá encontrou dois corpos que seriam dos adolescentes suspeitos do assassinato de três pessoas na Colûmbia Britânica. Ken Maclod, de 19 anos, e Bryer Shmelgesky, de 18, vinham sendo alvo de uma busca intensa que revirou o país.

Os investigadores esperam o resultado de uma autópsia para confirmar se os corpos correspondem às identidades dos jovens.

O trabalho policial avançou na última sexta-feira (2), quando foram encontrados pertences dos suspeitos à beira do rio Nelson, ao lado de um bote de alumínio. Os corpos foram encontrados a cerca de um quilômetro de onde ocorreu o ataque às vítimas.

Entre elas, o professor da Universidade da Colûmbia Britânica, Leonard Dyck, de 64 anos, Lucas Fowler, de 23, e Chaina Deeza, de 24. Os três foram encontrados no dia 15 de julho em uma estrada no norte do Canadá.

Os adolescentes foram vistos pela última vez no dia 22 de julho, pouco antes de a polícia confirmar que um carro encontrado em chamas era o mesmo utilizado por eles em viagem.

*Com informações do repórter Renan Porto