TCE-SP suspende licitação para privatizar duas linhas do Metrô

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2017 07h01
A licitação, que deveria ocorrer quinta-feira, foi suspensa pelo tribunal após uma intervenção do deputado estadual Alencar Braga (PT)

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo suspendeu o processo de licitação para privatizar a operação das linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô.

A licitação, que deveria ocorrer quinta-feira, foi suspensa pelo tribunal após uma intervenção do deputado estadual Alencar Braga (PT). O parlamentar alegou que há grande disparidade entre a capacidade de arrecadação da iniciativa privada e o valor que deve ser pago para o transporte.

Alencar Santana Braga apontou grave prejuízo aos cofres públicos e irregularidades no edital: “um absurdo o que o [Geraldo] Alckmin quer fazer com o patrimônio público rentável que a população precisa entregar, a preço de banana, para a iniciativa privada. Essas duas linhas vão render algo em torno de R$ 10 bilhões e diz que o valor a ser pago pelas empresas é em torno de R$ 300 milhões”.

A linha 5-Lilás que vai ligar o Capão Redondo à estação Brooklin deve chegar até as estações Santa Cruz (da linha 1-Azul) e Chácara Klabin (da linha 2-Verde) até o fim do ano. Já a linha 17-Ouro está em construção e ligará o aeroporto de Congonhas ao Morumbi.

*Informações do repórter Felipe Palma