TCU responsabiliza Mantega, Joesley e Coutinho por prejuízo em operações do BNDES com JBS

  • Por Jovem Pan
  • 20/10/2017 06h39 - Atualizado em 20/10/2017 11h35
Joédson Alves/EFEO Tribunal de Contas da União concluiu que houve pagamento de 20% a mais por participação do BNDES na JBS, pelo menos R$ 304 milhões em prejuízos

Por ouvir dizer, o deputado Rubens Bueno (PPS-PR) assinou requerimento de informações sobre a relação, considerada danosa, do BNDES com a JBS. Foi uma guerra em plenário, isso em 2011, quando a então bancada governista era bancada pelo PT, e o partido tentou evitar o pedido de investigação.

O TCU decidiu então investigar e concluiu que houve mesmo perdas do banco em operações com a JBS. O resultado foi a responsabilização do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, Joesley Batista e mais 14 gestores, entre eles, Luciano Coutinho, ex-presidente do BNDES.

Rubens Bueno alertou que, na apresentação do documento, sofreu pressões em plenário dos defensores do Governo do PT: “já tinha notícias de que havia negócios escusos, favorecimento à empresa JBS. Então não é de hoje que utilizam do dinheiro público em favor dos seus negócios”.

O Tribunal de Contas da União concluiu que houve pagamento de 20% a mais por participação do BNDES na JBS, pelo menos R$ 304 milhões em prejuízos.

*Informações do repórter José Maria Trindade