Temer diz que vai trabalhar para derrubar próprio veto ao Refis de micro empresas no Congresso

  • Por Jovem Pan
  • 08/01/2018 06h28
EFE/Joédson Alves O presidente vetou a proposta aprovada por deputados e senadores, mas se comprometeu a trabalhar pela derrubada do veto no Congresso Nacional

O presidente Michel Temer, que passou o fim de semana em São Paulo, se comprometeu com o presidente do Sebrae, Afif Domingos, a cobrar nesta segunda-feira (08) da equipe econômica os cálculos que possibilitariam a adoção do programa de refinanciamento de dívidas para micro e pequenas empresas.

O presidente vetou a proposta aprovada por deputados e senadores, mas se comprometeu a trabalhar pela derrubada do veto no Congresso Nacional.

A posição foi muito diferente da adotada pelo Governo quando sancionou no ano passada a renegociação das dívidas das grandes empresas e dos produtores rurais.

Em mais uma semana esvaziada em Brasília, o Palácio do Planalto pretende aproveitar o momento para já iniciar as conversas com presidentes de partidos e lideranças em busca dos votos necessários para aprovar a reforma da Previdência.

A ideia do Governo é trabalhar também para mudar a chamada “regra de ouro” da Lei de Responsabilidade Fiscal, que impede que o endividamento federal seja utilizado para pagar despesas correntes.

O que na prática significa que o Governo não pode gastar mais do que arrecada.

O Ministério do Planejamento já encampou a ideia, mas o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já se posicionou contra. Segundo ele, o máximo aceitável nesse momento seria a flexibilização temporária da regra.

*Informações da repórter Luciana Verdolin