Temer embarca para Argentina, e Brasil assume nesta quinta a presidência do Mercosul

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2017 07h17 - Atualizado em 20/07/2017 11h19
O Governo, no entanto, tem pressa, também na definição de um acordo de livre comércio com a União Europeia

O presidente embarca na tarde desta quinta-feira (20) para Mendoza, na Argentina. Deixa os problemas locais um pouco de lado para participar de reunião de Cúpula do Mercosul. O Brasil vai assumir a presidência temporária do bloco econômico.

O porta-voz da presidência Alexandre Parola explica o Brasil já definiu 4 prioridades: a conclusão de acordo sobre compras governamentais; a continuidade da eliminação de barreiras ao comércio entre os países do bloco econômico; a harmonização de normas técnicas; e o monitoramento da situação na Venezuela.

O Governo, no entanto, tem pressa, também na definição de um acordo de livre comércio com a União Europeia: “o presidente Temer ressaltará a prioridade atribuída às negociações do MERCOSUL com a União Europeia, negociações que se espera concluir o quanto antes. O Presidente assegurará, da mesma forma, a atenção da presidência brasileira para as negociações com a Associação Europeia de Livre Comércio, integrada por Noruega, Suíça, Islândia e Liechtenstein”.

O Brasil deverá ainda lembra a importância de manter um bom relacionamento com o Canadá e países asiáticos e defender a aproximação do Mercosul com os países da Aliança do Pacífico, ou seja: México, Chile, Peru e Colômbia.

*Informações da repórter Luciana Verdolin