Temer libera emendas e pede a ministros empenho extra pela reforma da Previdência

  • Por Jovem Pan
  • 12/12/2017 06h19 - Atualizado em 12/12/2017 09h24
Marcos Corrêa/PRA equipe econômica orienta Temer a não “jogar a toalha” e não entrar para perder no plenário da Câmara, sem os 308 votos garantidos

O Governo é só reforma da Previdência. O presidente Michel Temer recebe nesta terça-feira (12) a lista completa dos deputados que estão decididos pelo voto com a reforma, os que estão indecisos e os que, decididamente, votarão contra.

Ainda há dúvidas, mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, vai iniciar discussão nesta quinta-feira (14) para a votação na semana que vem. Só que, se o projeto entrar em pauta, só um requerimento de adiamento de votação pode fazer o recuo do Governo.

A equipe econômica orienta Temer a não “jogar a toalha” e não entrar para perder no plenário da Câmara, sem os 308 votos garantidos.

Temer joga todas as fichas. Telefonou para os ministros políticos e quer ação pessoal de cada um deles para controlar os partidos. Houve também a decisão do Governo de liberar as emendas e agendar visitas de deputados para destravar todas as pendências na Esplanada.

*Informações do repórter José Maria Trindade