Tempestade Glória deixa mortos e rastro de destruição na Espanha

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2020 07h01 - Atualizado em 23/01/2020 08h26
EFEDe acordo com a Agência Estatal de Meteorologia espanhola, a tempestade Gloria tende a diminuir nos próximos dias

Parte da Espanha está debaixo d’água depois de sofrer com uma grande tempestade que durou 3 dias. Chamado de Gloria, o fenômeno climático levou neve e ventos de mais de 100 km/h para a região leste do país.

As cidades litorâneas sofreram com grandes ondas, que causaram danos em diversos estabelecimentos comerciais e praias espanholas. As ruas de Tossa del Mar, na Catalunha, foram invadidas por espuma e água do mar.

Na província de Girona e na cidade de Valencia, cerca de 220 mil pessoas ficaram sem energia elétrica e as aulas foram canceladas para 170 mil estudantes. Ibiza foi atingida por ondas de quase 15 metros, um nível recorde na história da ilha.

Um dos locais mais afetados foi a Ebro Delta, local onde o rio e o mar mediterrâneo se encontram. A água salgada inundou uma área de 30 quilômetros e destruiu uma plantação de arroz da região.

A estrada que liga a França e a Espanha — uma importante via de transporte de mercadorias — foi bloqueada por causa da nevasca.

De acordo com a Agência Estatal de Meteorologia espanhola, a tempestade Gloria tende a diminuir nos próximos dias. Ainda assim, a região da Catalunha e Aragón continuam em estado de alerta para fortes chuvas e novas inundações.

*Com informações da repórter Nanny Cox