Tempestade Harvey: Brasileiros em Houston relatam dificuldades e preocupações

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2017 09h35 - Atualizado em 29/08/2017 12h09
De acordo com as autoridades, a chuva deve continuar nos próximos dias e a tempestade segue para o estado da Louisiana

Pelo menos oito pessoas morreram por causa da tempestade tropical provocada pelo furacão Harvey que atingiu o estado do Texas na sexta-feira (25). Houston, a quarta maior cidade dos Estados Unidos está debaixo d’água. 13 milhões de pessoas foram afetadas, 30 mil deixaram suas casas e 300 mil estão sem energia elétrica.

De acordo com as autoridades, a chuva deve continuar nos próximos dias e a tempestade segue para o estado da Louisiana.

A brasileira Christiane de Andrade, de 54 anos, mora no condado de Montgomery a 50 km de Houston. Jornalista e assessora de imprensa, ela contou que levou um susto quando foi ao supermercado e viu tudo vazio: “eu comecei a me assustar quando entrei nos supermercados e vi absolutamente tudo vazio”.

Outro brasileiro com quem a Jovem Pan teve contato foi o consultor Marcelo do Vale, que mora em Houston há 6 anos, e desde que o furacão Harvey atingiu a cidade, ele está alocado na casa de um amigo: “o que me assusta é o que vem por aí, que é a possibilidade do furacão passar por Houston de novo. E a possibilidade da chuva ficar por Houston por mais alguns dias”.

O presidente americano, Donald Trump lamentou a tragédia em Houston e disse que não poupará esforços para recuperar as áreas atingidas.

“Eu gostaria de dar o meu apoio a todos aqueles que foram afetados pelo furacão Harvey e a catástrofe como alagamentos e as outras dificuldades que as pessoas estão enfrentando em Houston, no sudeste do Texas e que agora segue em direção do estado da Louisiana”, disse.

Nesta terça-feira, o presidente americano fará uma visita ao estado do Texas. Na coletiva desta segunda, Trump disse que o mais importante é proteger as vidas de quem ainda está em perigo, assim como a das pessoas que trabalham nos resgates.

*Informações do repórter Victor Moraes