Tenente-coronel reformado da PM morre em troca de tiros com assaltantes em SP

  • Por Jovem Pan
  • 15/02/2018 05h55
ReproduçãoO tenente-coronel Roberto Rodrigues de Azevedo comandou as unidades do Corpo de Bombeiros de Piracicaba, Americana e Santa Bárbara D'Oeste

Tenente-coronel reformado da PM morre em troca de tiros com assaltantes na Vila Jaguará, Zona Oeste de São Paulo. Ferido com pelo menos dois tiros, Roberto Rodrigues de Azevedo, de 53 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Ele foi baleado no início da manhã desta quarta-feira (14) por bandidos que tentavam assaltá-lo. O tenente-coronel da reserva estava saindo de casa quando surgiram dois criminosos armados.

Os desconhecidos anunciaram o assalto, mas o militar reagiu, sacando a pistola que carregava consigo e atirando. Houve revide e, no confronto, Rodrigues e um dos ladrões foram baleados.

Equipes de resgate foram acionadas, e o policial, ferido no pescoço e clavícula, foi levado para o pronto-socorro Cândido Portinari, onde acabou morrendo. Já o suspeito baleado, identificado como Taynan Leite, de 35 anos, foi encaminhado ao pronto-socorro da Vila Penteado, mas também não resistiu.

O comparsa dele conseguiu fugir em um Honda City marrom, cujas placas foram anotadas, pelas quais ele acabou identificado pela Polícia. Equipes estiveram na casa de Guilherme Dias da Silva, de 26 anos, na Vila Progresso, onde os pais do rapaz confessaram que ele havia fugido.

No local, foram apreendidos o RG de Guilherme e objetos roubados. O caso foi registrado no plantão do 33º Distrito Policial, na Vila Mangalot, região de Pirituba.

O tenente-coronel Roberto Rodrigues de Azevedo, que era casado e deixou dois filhos, comandou as unidades do Corpo de Bombeiros de Piracicaba, Americana e Santa Bárbara D’Oeste.

Seu último trabalho na Polícia Militar foi no 22º Batalhão da Capital.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore