Tesoureiro e sua família são feitos reféns durante assalto a banco na zona sul de SP

  • Por Jovem Pan
  • 09/02/2018 06h55
Reprodução/Google MapsO funcionário foi obrigado a realizar um saque de aproximadamente 200 mil reais e entregar aos bandidos

Quadrilha sequestra família de tesoureiro para praticar assalto a agência bancária na região da Cidade Dutra, Zona Sul de São Paulo.

Segundo a PM, o tesoureiro de uma agência do banco Itaú foi rendido e feito refém juntamente com sua família na noite de quarta-feira (07). Todos permaneceram em poder dos criminosos e, pela manhã, foram levados para a agência bancária, na Rua José Bocchiglieri, 150, na Vila São José.

O funcionário foi obrigado a realizar um saque de aproximadamente 200 mil reais e entregar aos bandidos. Em seguida, o bando, composto por pelo menos sete criminosos, amarrou um suposto artefato explosivo ao corpo do refém, que foi deixado no banco.

Como a agência ainda estava fechada quando os ladrões entraram, não havia clientes e nem funcionários. Por volta das duas horas da tarde, colegas de trabalho do tesoureiro o encontraram amarrado à suposta bomba e acionaram o GATE.

Após três horas de análises, os policiais retiraram o objeto do corpo do tesoureiro e verificaram que se tratava apenas de um simulacro. Em estado de choque, a vítima foi atendida pelo GRAU, Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências Paulista.

De acordo com os policiais, os familiares também estão bem e fora de perigo. Até o momento ninguém foi preso. O caso foi registrado no 101º Distrito Policial, no Jardim das Imbuias, e transferido para a delegacia antissequestro.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore