Theresa May quer votação de acordo do Brexit na terceira semana de janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 18/12/2018 06h13
EFEDesde que o acordo com a União Europeia foi fechado, cinco ministros do gabinete de May pediram demissão por discordarem da proposta

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse nesta segunda-feira (17) que pretende fazer uma nova votação no Parlamento Britânico do acordo sobre o Brexit para a semana que começa no dia 14 de janeiro.

A votação do acordo firmado entre o governo britânico e a União Europeia deveria ter ocorrido na terça-feira da semana passada só que a premiê adiou a sessão porque sabia que a proposta não seria aprovada. 40 correligionários do Partido Conservador, o mesmo da premiê, se posicionaram contra o texto.

Há poucos dias, May enfrentou um voto de desconfiança dentro do próprio partido. Ela sobreviveu, mas ainda enfrenta muitas pressões de opositores, tanto que o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, disse que a primeira-ministra levou o Reino Unido a uma crise nacional.

Ela enfrenta dificuldade para aprovar o acordo no Parlamento porque teria de conseguir 320 votos. O Partido Conservador conta com uma bancada de 315 deputados, onde muitos vão votar contra.

Desde que o acordo com a União Europeia foi fechado, cinco ministros do gabinete de May pediram demissão por discordarem da proposta, a maioria considerou que o texto faz muitas concessões ao bloco.

A premiê viajou pela Europa para tentar conseguir concessões dos líderes de países integrantes do bloco, só que não deu certo, e dificilmente a União Europeia mudará os termos do acordo.

*Informações do repórter Victor Moraes