Três pessoas de uma mesma família ficam gravemente feridas após explosão em casa no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2018 06h25
ReproduçãoMilena Campos de Oliveira, de 20 anos, Maria Célia Campos, de 48 anos, e Rafael Ferreira Silva, de 21 anos, foram socorridos e levados para o Hospital Alberto Torres

É considerado grave o estado de saúde de três pessoas de uma mesma família vítimas de uma explosão dentro de casa, que aconteceu em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (03).

Vizinhos ficaram assustados com o estrondo. Milena Campos de Oliveira, de 20 anos, Maria Célia Campos, de 48 anos, e Rafael Ferreira Silva, de 21 anos, foram socorridos e levados para o Hospital Alberto Torres, no município de São Gonçalo.

Eles faziam a limpeza da casa quando houve a explosão. Suspeita-se que um ex-morador da casa, um policial militar, tenha escondido explosivos ou granadas no terreno e, durante a limpeza, alguém teria manuseado o explosivo sem querer.

Outra versão aponta que, enquanto tentava vender a casa, o PM foi alvo da ação de bandidos, que teriam controlado o imóvel, que foi transformado em uma boca de fumo.

Os criminosos teriam colocado as bombas no interior do imóvel ao descobrirem que a casa pertencia a um PM.

*Informações do repórter Rodrigo Viga