Três Poderes medem forças em Brasília

Executivo, Legislativo e Judiciário ignoram cláusula pétrea da Constituição de harmonia entre os Poderes

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2019 06h51
Jefferson Rudy/Agência SenadoO momento entre Executivo, Judiciário e Legislativo é de disputa

Uma guerra entre os Poderes. Diferente da independência e harmonia como cláusula pétrea da Constituição, o momento agora é de disputa.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, se queixa da interferência na escolha de relatores na Casa ao dizer que o presidente Jair Bolsonaro também pode nomear deputados para o Governo.

Bolsonaro quer distância do que ele considera “velha política” e se recusa a formar a base oficial no Congresso. E ele se queixa do Supremo, que também tem suas reclamações.

O ministro Luis Roberto Barroso disse que o STF está sob ataque, isto porque alguns colegas formam obstáculos no combate à corrupção.

A confusão é tão grande, já que o STF abriu inquérito para apurar críticas aos ministros. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se antecipou e pediu arquivamento da investigação alertando vício de origem. O STF não pode investigar, denunciar e julgar.

Em vez do recuo, o ministro Alexandre de Moraes foi além e decretou censura de sites – depois recuou, mas a confusão continua.

*Informações do repórter José Maria Trindade