Três policiais são baleados por criminosos no RJ; dois deles não resistiram

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2018 07h24
PixabayPelo menos três agentes de segurança foram baleados no Rio de Janeiro, e dois deles morreram

Pelo menos três agentes de segurança foram baleados no Rio de Janeiro, e dois deles morreram.

Na madrugada desta quarta-feira (27), o policial federal da Reserva Luiz Carlos Dias caminhava no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, quando foi abordado por homens armados quer pediram o celular, mas ele se recusou a entregar. É que, na capa do aparelho, estava sua carteira de identificação de policial federal.

Ele foi baleado várias vezes, caminhou alguns metros para pedir socorro, mas morreu em seguida.

Outro caso envolveu um policial civil. Eduardo Freire Pinto Guedes Filho, conhecido como Paquetá, estava acompanhado da família, se preparava para entrar em casa, quando foi abordado por bandidos. Não se sabe ainda se foi uma execução ou se os criminosos queriam roubar a família.

O fato é quer Paquertá morreu na presença dos familiares, que estão traumatizados.

Em outro caso, no Andaraí, Zona Norte, o agente da Polícia Civil Marcos Aurélio Garcia Fonseca estava parado em um posto, abastecendo o veículo, quando foi abordado por bandidos. Ele reagiu e levou seis tiros.

Por sorte, o agente foi socorrido por um médico que passava pelo local. Ele foi encaminhado ao Hospital do Andaraí, passou por cirurgia e seu estado de saúde é considerado delicado.

*Informações do repórter Rodrigo Viga