Tribunais de todo o País iniciam nesta segunda a 12ª Semana Nacional da Conciliação

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2017 06h45 - Atualizado em 27/11/2017 12h23
ReproduçãoAté sexta-feira, tribunais de todo o País realizam audiências, para estimular as negociações

Semana Nacional da Conciliação começa nesta segunda-feira (27), com a missão de incentivar acordos e acelerar a resolução de disputas judiciais.

O mutirão organizado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) chega neste ano à 12ª edição. Até sexta-feira, tribunais de todo o País realizam audiências, para estimular as negociações.

Nas últimas semanas, magistrados selecionaram ações que tenham possibilidade de acordo e intimaram as partes envolvidas.

Entre as matérias mais comuns, estão os processos envolvendo consumidores inadimplentes.

A coordenadora do Programa de Conciliação da Justiça Federal da 3ª Região, Marisa Santos, ressaltou que, nestes casos, as negociações são delicadas: “nós temos muitos casos desses também e grande dificuldade em negociar, porque as pessoas hoje não têm dinheiro”.

A desembargadora destacou que serão agendadas novas audiências para as ações que não foram incluídas na Semana da Conciliação.

A conselheira do CNJ, Daldine Santana, afirmou que a orientação aos juízes é para que sempre estimulem os acordos: “essa política é de caráter permanente, mesmo que a pessoa não tenha sido contemplada com a conciliação, isso é o cotidiano hoje do Judiciário. Pode formular a qualquer tempo”.

Para Daldine Santana, a lentidão do sistema judiciário incentiva aqueles que têm demandas paradas a procurarem as negociações.

Na edição de 2016, a Semana Nacional da Conciliação terminou com 130 mil acordos homologados pela Justiça.

*Informações do repórter Vitor Brown